Pesquisa realizada neste mês de julho, pelo Procon, identificou que o valor do item tem variação de 100,29% nos 12 estabelecimentos da capital. Tomate tem aumento e preço pesa no bolso do consumidor
Com os preços dos alimentos nas alturas, muitos consumidores não deixam de pesquisar para gastar menos na hora da compra. Só para se ter uma ideia, o preço do tomate pode ser encontrado de R$ 3,49 a R$ 6,99, dependendo do estabelecimento, em Palmas.
A pesquisa realizada pelo Procon, no dia 12 de julho, apontou que a variação do valor do alimento chega a 100,29% nos estabelecimentos da capital. O levantamento foi feito em 12 supermercados e atacadistas, de norte a sul da cidade. O menor e o maior valor foram encontrados em mercados no plano diretor sul. Veja aqui.
Muitos consumidores não abrem mão do alimento, como a dona Maria de Lourdes. Com o salário de aposentada, ela teve que reduzir a quantidade. “Hoje, ele está mais barato um pouquinho, mas tem lugar que está caríssimo. A condição da gente está pouca e nessa pandemia, quase não está tendo dinheiro”.
Preço do tomate tem variação de 100% nos supermercados de Palmas
Unsplash
O representante comercial Carlos Augusto Santos observa o aumento no preço do tomate há meses. “Estava muito caro no começo do ano, deu uma baixada e agora voltou de novo a subir os preços. Pelo que eu estou vendo aqui, não estou vendo horizonte para baixa dos preços desses legumes e verduras”.
Em Gurupi, sul do Tocantins, a variação foi maior: 110%. Por lá, o quilo do produto chegou a quase R$ 8. Já em Araguaína, norte do estado, foi encontrada a menor variação, 26%.
A oscilação se deve a fatores relacionados à oferta, segundo o economista Valdeci Rodrigues.
“O aumento de preço não foi sazonal e se deve a outros fatores relacionados com a oferta. A gente pode destacar a mudança no regime hídrico e de temperatura, que vem ocasionando a oscilação do produto, de um lado. De outro, o próprio aumento, do dólar que representa uma variação no preço de aquisição de vários insumos utilizados na atividade”.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins


Compartilhar:

Deixe seus Comentario